Avançar para o conteúdo

O Governo português apresenta o seu plano anti-inflação

Ontem à noite, num discurso transmitido pela televisão, o Governo português, liderado pelo Primeiro-Ministro António Costa, apresentou o seu plano anti-inflação para fazer face ao aumento dos preços do gás e da eletricidade. Estas medidas ajudarão, sem dúvida, a grande maioria da população a fazer face à subida dos preços. 

O Governo português apresenta o seu plano anti-inflação 

Como o Governo português referiu ontem à noite, todas as medidas de apoioEstas medidas, que se destinam a atenuar os efeitos da inflação e do aumento dos custos da energia, ascendem a 2,4 mil milhões de euros. Para que conste, as medidas dizem respeito aos seguintes domínios: rendimentos, crianças e jovens, reformados, eletricidade, gás e combustíveis, rendas e transportes.

Que tipo de assistência está disponível? 

  • Redução do IVA no fornecimento de eletricidade dos actuais 13 % para 6 %, medida em vigor até dezembro de 2023;
  • Prorrogação até ao final do ano da suspensão do aumento do imposto sobre o carbono, da devolução aos cidadãos da receita adicional do IVA e da redução do ISP.
  • Atribuição de um pagamento extraordinário de 125 euros a todos os cidadãos que não recebam uma pensão e cujos rendimentos não excedam 2.700 euros por mês;
  • Todas as famílias, independentemente do seu rendimento, receberão um pagamento especial de 50 euros por cada filho a cargo até aos 24 anos de idade;
  • Os pensionistas recebem 14 meses e meio de pensão em vez dos 14 meses habituais, sendo a meia pensão suplementar paga em outubro;
  • Aumentos das pensões em 2023 de 4,43 % para as pensões até 886€, 4,07 % para as pensões entre 886€ e 2.659€ e 3,53 % para as restantes pensões sujeitas a atualização;
  • Congelamento dos preços dos bilhetes de transporte público sazonais e dos bilhetes CP durante todo o ano de 2023;
  • Desconto máximo das rendas residenciais e comerciais limitado a 2 % em 2023;
  • Criação de um apoio extraordinário ao arrendamento, através da concessão de um benefício fiscal aos senhorios sobre os rendimentos do imóvel em sede de IHT ou IRC.

As oito medidas foram aprovadas numa Conselho de Ministros As medidas foram apresentadas pelo Primeiro-Ministro, António Costa, em Lisboa, na mesma noite. A promulgação do diploma pelo Presidente da República ocorreu quando o Primeiro-Ministro ainda estava a terminar a apresentação destas medidas na conferência de imprensa que deu no Palácio Nacional da Ajuda.

Etiquetas:

VAP Consulting

Os nossos consultores estão à sua disposição

Olá e bem-vindo à VAP Consulting. A nossa equipa terá todo o gosto em responder a quaisquer questões que possa ter.

Alimentado por WpChatPlugins
pt_PT