Avançar para o conteúdo

Portugal introduz novas medidas antes do Natal

O Governo de António Costa acaba de anunciar a aplicação antecipada de algumas medidas inicialmente previstas para a primeira semana de janeiro, tendo sido também anunciadas outras medidas. 

Covid-19: Portugal adopta novas medidas antes do Natal 

A semana de confinamento obrigatório inicialmente prevista para a semana a seguir ao dia de Ano Novo foi antecipada para a próxima semana, a partir de 27 de dezembro.

"Vamos apresentar um conjunto de medidas no início da próxima semana", declarou António Costa no final da reunião extraordinária do Conselho de Ministros realizada ontem (terça-feira).

Le o teletrabalho será obrigatórioA data limite para as creches, infantários, discotecas e bares foi antecipada para a meia-noite de 25 de dezembro.

A partir desta data, será exigido um teste Covid-19 negativo para a entrada em estabelecimentos turísticos e alojamento local, para cerimónias como casamentos e baptizados e para eventos empresariais.

O teste foi também alargado a todos os eventos culturais e recintos desportivos, independentemente da sua capacidade. Até agora, o teste só era obrigatório para espectáculos com mais de cinco mil espectadores em espaços abertos ou mil em espaços fechados.

Os espaços comerciais voltarão a estar sujeitos a um limite de capacidade: uma pessoa por cada cinco metros quadrados.

Uma das novas medidas anunciadas pelo Primeiro-Ministro consiste em aumentar o número de testes reembolsados de quatro para seis por mês, a fim de "continuar a incentivar o rastreio". Estes testes gratuitos só estão disponíveis para residentes fiscais portugueses.

Esta reunião do Conselho de Ministros, que foi a última antes do Natal, estava inicialmente prevista para quinta-feira, mas o Primeiro-Ministro decidiu antecipá-la para terça-feira, depois de ter conversado com o Presidente da República e de ter informado e ouvido todos os partidos representados no Parlamento.

Uma série de medidas práticas para as férias.

Nos dias 24, 25, 31 de dezembro e 1 de janeiro, será obrigatória a apresentação de um teste PCR negativo, para além do cartão de saúde, para entrar em restaurantes, casinos ou festas de fim de ano. São proibidos os ajuntamentos públicos de mais de 10 pessoas e o consumo de bebidas alcoólicas.

Na conferência de imprensa que se seguiu ao Conselho de Ministros, o Primeiro-Ministro apresentou uma série de recomendações para o período de Natal, para além das regras já estabelecidas.

António Costa apelou a que as reuniões se limitassem "tanto quanto possível" ao "núcleo familiar" e apelou ao uso de máscaras.

1 comentário em “Le Portugal instaure de nouvelles mesures avant Noël”

  1. Pingback: Apoio às famílias antecipado de uma semana - Vivre au Portugal Consulting

Os comentários estão fechados.

VAP Consulting

Os nossos consultores estão à sua disposição

Olá e bem-vindo à VAP Consulting. A nossa equipa terá todo o gosto em responder a quaisquer questões que possa ter.

Alimentado por WpChatPlugins
pt_PT