Avançar para o conteúdo

PORTUGAL CONTINUA A SER UM ELDORADO PARA OS REFORMADOS FRANCESES

Os reformados franceses continuam a gostar de Portugal

Le A lista de 2019 dos melhores países para se reformar, elaborada pela retraite sans frontières. Embora Portugal pareça não ser contestado, há algumas surpresas no top 10.

Pelo quinto ano consecutivo, Portugal está no topo da lista dos paraísos estrangeiros para a reforma. Segue-se o seu vizinho espanhol. Seguem-se três países não europeus: Marrocos, Tailândia e Maurícia.

As vantagens de Portugal para a terceira idade", observa Paul Delahoutre, responsável por este site especializado em reforma no estrangeiro. "Para além do seu clima ameno, é facilmente acessível a partir de França, não apresenta problemas de segurança específicos e está culturalmente próximo de França. 

Sem no Estado do RNH (residente não habitual), que, desde 2013, permite aos reformados europeus instalarem-se em Portugal e beneficiarem de um tratamento preferencial. Dez anos de isenção fiscal sobre as suas pensões, se estas forem pagas por regimes de pensões privados.

Ranking dos países onde os reformados franceses gostam de passar a sua reforma

CLASSIFICAÇÃOPAÍSO NOSSO OUT DE 100DESTAQUESPONTOS FRACOSPROGRESSOS
1PORTUGAL 65.25ACESSIBILIDADE E SEGURANÇAPREÇOS DOS IMÓVEIS
2ESPANHA63.6ACESSIBILIDADE E INFRA-ESTRUTURASCUSTO DE VIDA E PREÇOS DOS IMÓVEIS+2
3MARROCOS63.4CLIMA E ACESSIBILIDADESEGURANÇA E CUIDADOS MÉDICOS-1
4TAILÂNDIA63.15PREÇOS DOS IMÓVEIS E CUSTO DE VIDA ACESSIBILIDADE E CLIMA-1
5MAURICE61.75SEGURANÇA E PATRIMÓNIO NATURAL ACESSIBILIDADE E INFRA-ESTRUTURAS
6GRÉCIA61.55PATRIMÓNIO CULTURAL E LAZERCUSTO DE VIDA E INTEGRAÇÃO +1
7ITÁLIA61.35INFRA-ESTRUTURAS E ACESSIBILIDADEPREÇOS DOS IMÓVEIS E CUSTO DE VIDA-1

Itália, cuidado com a armadilha

A Itália também não é um dos países preferidos dos reformados franceses, sobretudo dos que querem poupar dinheiro. "O custo de vida é pouco inferior ao de França", observa Paul Delahoutre. É certo que o país tem sido muito noticiado no início de 2019. É o caso de uma nova medida fiscal destinada a atrair os reformados estrangeiros. Um imposto sobre pensões de 7 %.

Não se engane, ao abrigo da convenção fiscal bilateral assinada com a Itália, as pensões pagas pelos regimes de pensões franceses obrigatórios continuam a ser tributadas pela França e não pela Itália, pelo que não são afectadas por estes 7 %". No final, a Itália ocupa o sétimo lugar nesta classificação, que existe desde 2011.


Descubra os nossos livros dedicados à expatriação em Portugal

[products limit="3″ columns="3″ orderby="date" order="DESC" ids="4573,4371,4368″]

VAP Consulting

Os nossos consultores estão à sua disposição

Olá e bem-vindo à VAP Consulting. A nossa equipa terá todo o gosto em responder a quaisquer questões que possa ter.

Alimentado por WpChatPlugins
pt_PT