Avançar para o conteúdo

MAJ: PORTUGAL VAI PAGAR A SUA DÍVIDA AO FMI

PORTUGAL PAGARÁ A SUA DÍVIDA AO FMI ATÉ AO FINAL DO ANO

Atualização 11/12/2018: Portugal acaba de liquidar a totalidade da sua dívida ao FMI. Este facto vai permitir a Portugal fazer poupanças de mil milhões de euros em dois anos. 


Ontem, o Primeiro-Ministro anunciou que Portugal vai pagar a totalidade da sua dívida ao Fundo Monetário Internacional (FMI) até ao final do ano. Num discurso em que sublinhou a importância da redução de custos para o futuro.

Com a mesma determinação com que temos governado e que me permite anunciar hoje que até ao final deste ano. Pagaremos a totalidade da dívida ao FMI de 4,6 milhões de euros.

 António Costa, no Parlamento

António Costa disse ontem ao Parlamento Europeu, antes de passar à votação final global do Orçamento do Estado para 2019.

O Chefe do Executivo argumentou que este passo no sentido do reembolso antecipado da dívida ao FMI "reforçaria a credibilidade internacional de Portugal".

António Costa fez questão de sublinhar que a proposta de orçamento do Governo. O seu objetivo é construir um futuro, "antes de mais, melhorando a sustentabilidade, prosseguindo a tendência de redução da dívida pública. Reduzindo custos e melhorando a estabilidade financeira da segurança social".

Relativamente à proposta de orçamento. O Primeiro-Ministro manifestou a sua convicção de que, ao promover o emprego e aumentar os salários. A melhoria das receitas provenientes das quotizações permitirá também diversificar as fontes de financiamento".

Redução fiscal 

António Costa refere ainda que as famílias portuguesas vão sentir os efeitos a partir do próximo ano. O aumento do poder de compra por Redução do IRS. Mas os rendimentos das famílias também beneficiarão de uma redução dos custos de transporte e de energia.

"A carteira dos portugueses será ainda mais reduzida no que respeita ao custo dos transportes públicos. Abrangendo todo o país. O Programa de apoio à redução das tarifas dos transportes públicos integrará medidas que incluem a redução do preço dos passes sociais. Este orçamento vai melhorar a vida de todos os portugueses, sejam eles mais ou menos abastados", recomendou.

Educação

António Costa fez uma referência especial à educação. Referindo que as famílias " beneficiarão da extensão da gratuitidade dos manuais escolares a todos os alunos que frequentam o ensino obrigatório nas escolas públicas. Isto representa 1,2 milhões de estudantes. Mas também através da redução do valor máximo das propinas cobradas pelas universidades e politécnicos.

Saúde

De acordo com o Primeiro-Ministro. No próximo ano, o serviço nacional de saúde beneficiará de um aumento orçamental de cerca de 500 milhões de euros. Este aumento permitirá a criação de cerca de 113 centros de saúde. bem como a construção de cinco novos hospitais.


Para António Costa, a proposta de orçamento do Governo "exprime claramente a mudança de política iniciada há três anos".

Os comentários estão fechados.

VAP Consulting

Os nossos consultores estão à sua disposição

Olá e bem-vindo à VAP Consulting. A nossa equipa terá todo o gosto em responder a quaisquer questões que possa ter.

Alimentado por WpChatPlugins
pt_PT